Buscar
  • torquatotec

Dicas de iluminação para banheiro

Atualizado: Mar 2

Por mais que seja um dos menores cômodos de uma casa, o banheiro já deixou de ser subestimado há um bom tempo. Isso porque, o que antes era visto apenas como um espaço para realizar a higiene pessoal, hoje em dia é um local voltado para o relaxamento e autocuidado. Inclusive, vemos cada vez mais investimentos no espaço, como instalação de banheira de hidromassagem, materiais de maior qualidade, decoração adequada e, claro, um bom projeto de iluminação. Esse último precisa ser desenvolvido com cuidado, visto que certas atividades realizadas no banheiro exigem acuidade visual, mas que também não pode ser uma iluminação muito forte para não atrapalhar o relaxamento.

Como você deve ter percebido, são muitos detalhes que devem ser levados em consideração e por isso, no post de hoje vamos dar várias dicas de iluminação para banheiro.


1. Perceba como é a iluminação do banheiro em diferentes horários


Ao avaliar a iluminação do espaço em diferentes horários você consegue definir com mais clareza quais serão os pontos de iluminação e como irá equilibrar com a luz natural, quando houver. É interessante aqui contar com a ajuda de um profissional especializado para fazer escolhas inteligentes e definir qual será o rumo do projeto.


2. Aproveite a luz natural


A iluminação do banheiro, sempre que possível, precisa contar com boa fonte de luz natural, seja por meio de uma janela ou abertura no teto. Ela é um diferencial em qualquer tipo de ambiente, tanto para ajudar na economia de energia, como para criar um equilíbrio com a iluminação artificial. Além disso, ela também ajuda a manter o banheiro arejado, livre de mofo, bolor e insetos. E, caso deseje ter uma planta no banheiro, a iluminação se torna ainda mais importante.


Contudo, ainda que você tenha boa fonte de luz natural, a iluminação artificial não deve ser deixada de lado ou mal elaborada. Afinal, conforme você vai perceber ao longo do post, ela pode contribuir de maneira muito interessante para o espaço.


3. Defina um ponto de luz central e os específicos


A iluminação geral é a parte mais importante, e depois de avaliar a luz natural, fica ainda mais fácil de definir o ponto central, sendo que sua escolha irá depender também do tamanho do cômodo. Para uma iluminação uniforme, o ideal é utilizar luminárias com difusores de vidro fosco ou acrílico. Definida a iluminação principal, você já consegue escolher pontos mais específicos, como espelho, bancada, perto da banheira, etc.


4. Valorize o espelho com a iluminação certa


Esse é o item do banheiro que mais pode se beneficiar com a iluminação. Adicionar luz atrás dele, em cima ou nas laterais pode torná-la mais funcional e atraente.

Assim como iluminar o espelho pode deixar a iluminação como um todo mais intensa, é possível ainda optar por ligar apenas essa parte, deixando o espaço mais relaxante e aconchegante. As arandelas são modelos muito interessantes para posicionar próximo ao espelho, garantindo ainda mais estilo para o cômodo.


5. Opte por instalar spots e luminárias


Iluminar todos os cantos do banheiro é um dos segredos para uma boa iluminação, e para isso, o ideal é apostar em luminárias e spots de luz. Tanto as luminárias pendentes quanto as arandelas são modelos tendência e que se adequam bem nesse tipo de ambiente. Já os spots devem ser instalados em locais estratégicos para complementar a iluminação ou momentos relaxantes, como um banho na banheira. Falando nisso, é importante lembrar que realizar a manutenção de banheira de hidromassagem é essencial para garantir que tudo funcione perfeitamente quando quiser ter esses momentos mais aconchegantes.


6. Escolha a temperatura certa para as lâmpadas


Para ampliar o espaço, potencializar a iluminação e dar sensação de limpeza, o ideal é apostar em lâmpadas de luz branca, pelo menos no ponto principal de iluminação. Agora, para oferecer aconchego ou até mesmo criar um jogo de luzes, as lâmpadas amarelas são elementos bem interessantes para contribuir com a decoração. O importante aqui é avaliar o espaço disponível e quais foram os pontos de luz definidos, para assim escolher a temperatura das lâmpadas para cada ponto.


7. Prefira tons claros


Para reforçar ainda mais a iluminação de seu banheiro, principalmente se ele for pequeno, o ideal é apostar em tons claros nas paredes, teto e chão. Isso porque, eles rebatem a luz e auxiliam na iluminação do espaço, promovendo sensação de amplitude.


Então, com as dicas do post de hoje você conseguirá criar um projeto de iluminação perfeito para seu banheiro. É importante avaliar os detalhes para que você possa aproveitar ao máximo tanto a luz natural quanto artificial. Uma boa dica é contratar um profissional, como o designer de interiores, para te auxiliar. Afinal, ter os profissionais certos pode facilitar e muito sua rotina, pois além de economizar tempo você também economiza dinheiro ao evitar adquirir itens que não estejam de acordo.



Dicas de iluminação para banheiro


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo